Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Leia Notícias do Correio 22

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 

Clique no ícone acima para fazer download do vídeo em MP4 e enviar pelo whatsapp
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
01/06/2015 — Para assistir o vídeo do lado esquerdo da tela, você precisa instalar o Flash player
 
 
Senador Wellington Fagundes (PR-MT)
Senador Wellington Fagundes (PR-MT)
Brasília - "O pequeno produtor precisa da assistência técnica, da pesquisa, da extensão e de uma orientação sobre como comercializar". A afirmação foi feita pelo senador Wellington Fagundes (PR-MT), ao tratar da questão relacionada à reforma agrária no Brasil, durante audiência pública realizada pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária com a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias. Para ele, os pequenos produtores 'sofrem' para vender a produção e torna os assentamentos quase que improdutivos do ponto de vista econômico.

Ao se dirigir ao ministro, o senador republicano destacou que outra dificuldade para a comercialização é em relação ao cumprimento das normas de inspeção sanitária. "O produtor, consegue a fabricação de produtos de qualidade, mas muitas vezes não tem condições de cumprir essas exigências sanitárias, justamente por falta de apoio técnico", ressaltou.

O senador relatou fatos que mostram a falta de ajuda ao pequeno agricultor na hora de comercializar os produtos. Citou o caso de um beneficiário da reforma agrária que criava frangos. "Ele vendeu o frango por R$ 15,00 para o intermediário, que, por sua vez, vendeu o mesmo frango por R$ 25,00. Quem lucrou? Claro que foi o intermediário", salientou.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário, na opinião de Wellington Fagundes, precisa olhar com mais atenção aos demais aspectos envolvendo o projeto social e o desenvolvimento econômico dos assentamentos. Apesar das grandes extensões e do número de assentados, a produção é pequena: "Nos causa tristeza quando vemos que os nossos produtos hortifrutigranjeiros ainda são, em sua maioria, importados de Goiás ou de São Paulo", comentou.

Para o senador, o pequeno produtor continuará tendo dificuldades se não for organizada a cadeia de negócio, que começa com a distribuição da terra, assistência técnica para produtos e apoio à comercialização.
Fagundes também sugeriu ao ministro Patrus Ananias uma articulação entre ministérios para implantação um plano de ação único para ajudar esses pequenos produtores, principalmente agora em momento de crise. Defendeu também maior agilidade na emancipação dos assentamentos, como forma de permitir que as áreas ocupadas possam ganhar finalidades econômicas.

O parlamentar citou como exemplo as potencialidades turísticas na região de Nobres, no médio norte de Mato Grosso. "Todo esse potencial é dentro da área de assentamento do Incra" - disse. Alguns assentados construíram pequenas pousadas, mas não tem como fazer investimentos e financiamentos, porque não possuem a documentação exigida. "Eles cobram há muito tempo. Fica um 'vai e vem'.

O governo passa, entra um novo governador, afirma que irá resolver, mas nada de concreto surge. Vamos ao Incra e não conseguimos solucionar. Aquilo ali poderia gerar muita riqueza, muito emprego, mas não se consegue" - comentou, acrescentando que no meio rural o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é chamado de "incravado".

Além disso, o republicano destacou a existência de muitas cidades que nasceram dentro dos assentamentos. Sem documentação adequada, acabam sem condições de receber recursos públicos e investimentos efetivos para melhoria de sua infraestrutura urbana.

Fagundes ainda lembrou os fracassos dos projetos de irrigação lançados pelo Incra após aquisição de terras improdutivas - "a conta de energia era extremamente cara", disse - e convidou o ministro Patrus Ananias para visitar Mato Grosso, para fazer uma vistoria nos assentamentos.



Fonte: Assessoria de Imprensa do senador


© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SEDE NACIONAL DO PARTIDO DA REPÚBLICA

ENDEREÇO:

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil XXI . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF




Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922


LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SHIN CA 09 LT 16 SALA 115 - ED. GREEN HILLS - LAGO NORTE CEP: 71503-509

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/