Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Leia Notícias do Correio 22

  14/12/2011
 
   
deputado Izalci Lucas (PR-DF)
Deputado Izalci Lucas (PR-DF)
O relatório de auditoria sobre o programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, elaborado pelo deputado Izalci Lucas (PR-DF), foi apresentado em Plenário, na Câmara dos deputados, na última sexta-feira, 9, data em que é comemorado o Dia Internacional Contra a Corrupção.

O republicano levou 20 dias para analisar mais de 60 mil páginas de documentos sobre o programa, enviados pelo próprio Ministério."Eu entrei com um pedido ao Ministério do Esporte, pedindo informações de vários convênios. Então eu recebi as informações em julho, onde 20 das instituições tinham as contas reprovadas", ressaltou Izalci.

"Como eu sou auditor, eu fiz a própria auditoria, porque se fosse demandar para outros órgãos ia demandar muito tempo. Então resolvi fazer, de manhã tarde e noite, feriados", explicou o parlamentar, ao elucidar as etapas do relatório.

De acordo com o deputado, "não tinha nenhum estudo das ONGs, sobre a capacidade ou de pegar os recurso, e de principalmente, atender as contra-partidas. Tem ONG que tinha que dar a contra-partida de 400 mil reais e que não tinha a mínima condição de fazê-lo. O Tribunal de Contas chegou a multar o secretário de Esporte Educacional, o secretário de Orçamento na época, que era o Cláudio Monteiro, que hoje é chefe de gabinete também do governo atual. Eles foram multados exatamente porque eles não analisaram esse aspecto", declarou.
Segundo Izalci, a questão "mais grave" constatada na auditoria refere-se aos desvios nos recursos de alimentação. "As 13 instituições, quase todas utilizavam as empresas fantasmas que davam notas frias, que é o caso da HP, da TZ, da Nova Horizonte, da JG, da Infinita - a Infinita é um comércio de móveis limitada e ela fornecia nota fiscal de alimentação", explicou o republicano.

"Eu particularmente não tenho nenhuma dúvida de que existiu um esquema, uma quadrilha no Ministério, que tinha como objetivo o desvio de recursos. E aí basta ver os números. É uma auditoria simples, não precisa nem ser contador para verificar essas questões", observou.

A auditoria do republicano será encaminhada a órgãos responsáveis pela fiscalização tanto na União quanto no DF.



 

Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922