Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Notícias do Correio 22 - Partido da República

 
  24/10/2011
   
 presidente Nacional do PR Mulher, Nilmar Ruiz
Presidente Nacional do PR Mulher, Nilmar Ruiz
A presidente Nacional do PR Mulher, Nilmar Ruiz, diz que não subirá no mesmo palanque que o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), nas próximas eleições.

A declaração foi feita em entrevista veiculada pelo jornal Tribuna do Planalto e vem colocar um fim às especulações que surgiram de que ela acompanharia o senador João Ribeiro, presidente do PR no Tocantins, numa possível composição do Partido da República com o grupo do prefeito Raul Filho nas eleições de 2012.

"Se subisse no mesmo palanque que o atual prefeito seria como se eu concordasse com o caos que se encontra a saúde em Palmas, com o desemprego e a inércia da prefeitura em criar alternativas de renda para a população, seria como se eu concordasse com a epidemia de crack que acontece em Palmas e que o atual prefeito nada faz para combater esse mal, que destrói milhares de famílias palmenses.

Não posso concordar com o desmando, por isso é impossível que eu esteja no mesmo palanque que o atual prefeito na próxima eleição", exclamou.
Nilmar é suplente de deputada federal e foi ex-prefeita de Palmas. Durante as três campanhas que disputou para a prefeitura de Palmas, Nilmar sempre foi oposição a Raul. Para ela, essa é uma questão de posição. "Sou uma mulher que tem posição. Sempre agi com coerência em minha vida. É coisa que trago do berço. Nunca deixei de me posicionar. Nunca me omiti e não será dessa vez. Não irei contra meus princípios. Contra o que acho que é certo, que é o melhor para Palmas. Nunca vi a política como um vale tudo pelo poder. E por isso, em alguns momentos paguei o preço. Mas prefiro ter minha consciência tranquila, respeitando aquilo que acredito, do que investir em algo que considero ser negativo para Palmas", reforçou Nilmar.

A presidente do PR Mulher Nacional também não vê que seu posicionamento possa causar problemas na relação entre ela e o senador João Ribeiro. "Tenho um respeito e uma admiração muito grande pelo senador João Ribeiro, presidente do meu partido o PR. Pela postura democrática e respeitadora com que trata a todos, tenho certeza que o senador João Ribeiro saberá compreender meu ponto de vista", avalia.

Quanto sua postura nas próximas eleições, Nilmar diz que apoiará aqueles que se comprometerem de fato com o atendimento social e que queiram uma saúde melhor para Palmas.

A ex-prefeita também avaliou o governo Siqueira Campos, dizendo que está arrumando a casa. "Muita coisa vem sendo feita e anunciada. Com a mesma disposição que estive junto ao governador na campanha, por acreditar firmemente ser ele o melhor para o Tocantins, continuo apoiando e acreditando no seu governo", disse.

Nilmar também elogiou o trabalho do senador Vicentino Alves no Senado, a quem chamou de habilidoso, e contou que sua relação com a senadora Kátia Abreu está bem, mesmo depois de Nilmar ter deixado o DEM para se filiar ao PR em 2009.

Sobre os pré-candidatos à prefeitura de Palmas dos partidos que hoje compõem a base do Governo (Luana Ribeiro, Hermes Damaso, Lúcio Campelo, Marcelo Lelis e Eduardo Gomes), Nilmar elogiou a todos dizendo que eles são capacitados para administrar a cidade. (Veja abaixo a entrevista na íntegra)



"Não subo no palanque do Raul Filho"

A decisão é motivada, segundo Nilmar Ruiz, pelo fato de não concordar que a administração do petista seja boa e que por isso deva ter continuidade

Por Gilson Cavalcante e Aquiles Lins

A ex-deputada federal e ex-prefeita de Palmas, Nilmar Ruiz (PR), é um dos quatro pré-candidatos do PR para uma disputa ao Paço Municipal. Nilmar enfatizou que, apesar da proximidade entre o presidente regional do PR, senador João Ribeiro, com o prefeito Raul Filho (PT), ela não subirá no mesmo palanque do petista. "Se subisse no mesmo palanque que o atual prefeito seria como se eu concordasse com o caos que se encontra a saúde em Palmas, com a inércia em criar alternativas de renda para a população, com a epidemia de crack. Não posso concordar com o desmando", dispara. Nilmar fala também sobre a relação com os demais partidos da base do governo e sobre a quarta administração Siqueira Campos (PSDB).

Tribuna - Nilmar, a senhora é pré-candidata à prefeitura de Palmas em 2012?

Nilmar - Defendo que é importante que o PR construa uma candidatura própria. Coloquei o meu nome à disposição por entender que posso contribuir para que a nossa capital se torne uma cidade melhor para se viver e também por gratidão a todos que acreditam no meu trabalho. Se o povo entender que sou a melhor opção, eu serei candidata. Nunca deixei de cumprir o compromisso que o povo me impôs. Mas hoje o PR tem outros políticos que também colocaram seus nomes à disposição como pré-candidatos à prefeitura de Palmas, a deputada estadual Luana Ribeiro, o vereador Lúcio Campelo e o vereador Hermes Damaso, que conhecem os problemas de Palmas e seriam boas opções. Portanto, não pretendo participar de uma disputa interna no meu partido. Continuo à disposição para discutir e trabalhar por um projeto de governo que desenvolva as potencialidades da nossa capital e que gere mais oportunidades para a nossa gente, independentemente de concorrer a cargo ou não.

O PR vem conversando com o prefeito Raul Filho, que inclusive já hipotecou apoio ao senador João Ribeiro para as eleições de 2014. A senhora estaria no mesmo palanque de Raul Filho na eleição de 2012?

Para responder essa pergunta é necessário fazer uma breve análise da história de Palmas, dos últimos anos de governo e da conjuntura política e econômica do país. Nos primeiros anos de criação de Palmas, um esforço conjunto dos governos municipal e estadual foi empreendido para se estruturar a cidade. A abertura das ruas e avenidas, a estruturação dos sistemas de distribuição de água e saneamento básico, a construção das primeiras moradias, a criação dos serviços básicos de saúde, educação e segurança, o início da pavimentação asfáltica e muitas outras obras e ações consolidaram Palmas como a nossa Capital. No período em que fui prefeita (de 2001 a 2004), o Estado e o município, com o apoio do governo federal, executaram e entregaram à população grandes obras na cidade, como o Aeroporto de Palmas, a rodoviária, a ponte sobre o rio Tocantins - ligando a capital à rodovia Belém Brasília -, a ponte sobre o Ribeirão Taquaruçu, integrando a região norte a região sul através da Av. Theotônio Segurado, a duplicação da TO-050, o Hospital Geral de Palmas. Nessa época, asfaltamos vários setores como o Aureny 3, 24 quadras e muitas avenidas, dentre elas a NS10 e a duplicação da NS04. A cidade ganhou as três praias, a da Graciosa, a do Prata e a das ARNOs, os dois Restaurantes Comunitários, o Rodoshopping, o Shopping da Cidadania, os Centros de Inclusão Digital, a revitalização do Parque Cesamar, o Centro de Apoio ao Turismo e o Centro de Convenções, faltando pouco para concluir. Naquela época, a prefeitura estimulava e produzia eventos como o Palmas Férias, o Palmas Parque, o Carnapalmas e outros, que atraía os turistas e aquecia o comércio. Os setores industriais foram organizados e milhares de casas populares foram construídas. Só no setor Santa Bárbara foram mais de novecentas. Estar no mesmo palanque do atual prefeito ou apoiar um candidato apoiado por ele seria concordar que essa administração é boa para nossa cidade e que tudo deve continuar do mesmo jeito que está. Eu não posso compactuar com isso. O palmense merece mais. Quero muito mais para Palmas e para a nossa gente.

Então é impossível que a senhora esteja no mesmo palanque que o prefeito Raul Filho na próxima eleição?


Se subisse no mesmo palanque que o atual prefeito seria como se eu concordasse com o caos que se encontra a saúde em Palmas, com o desemprego e a inércia da prefeitura em criar alternativas de renda para a população, seria como se eu concordasse com a epidemia de crack que acontece em Palmas e que o atual prefeito nada faz para combater esse mal, que destrói milhares de famílias palmenses. Não posso concordar com o desmando, por isso é impossível que eu esteja no mesmo palanque que o atual prefeito na próxima eleição. Quero deixar claro aqui, que a questão não é pessoal em relação ao atual prefeito. Mas não posso deixar de me manifestar contrária à má administração municipal. Amo minha cidade e quero o melhor para ela. E o melhor para ela não é o que está aí.

A senhora não acha que isso vai causar problemas partidários para a senhora, já que o senador João Ribeiro já sinalizou que pode estar com o prefeito Raul na próxima eleição?

Tenho um respeito e uma admiração muito grande pelo senador João Ribeiro, presidente do meu partido o PR. Quando deixei o Democratas escolhi ir para o PR porque vi no João a figura de um grande líder, democrático, que ouve seus companheiros. Tenho certeza que ele vai entender minha posição, caso isso aconteça. Sou uma mulher que tem posição. Sempre agi com coerência em minha vida. É coisa que trago do berço. Nunca deixei de me posicionar. Nunca me omiti e não será dessa vez. Não irei contra meus princípios. Contra o que acho que é certo, que é o melhor para Palmas. Nunca vi a política como um vale tudo pelo poder. E por isso, em alguns momentos paguei o preço. Mas prefiro ter minha consciência tranquila, respeitando aquilo que acredito, do que investir em algo que considero ser negativo para Palmas. Pela postura democrática e respeitadora com que trata a todos, tenho certeza que o senador João Ribeiro saberá compreender meu ponto de vista.

E qual será sua postura na próxima eleição?

Como disse, meu nome está à disposição do povo e do grupo político ao qual faço parte. Se não for candidata, estarei ao lado daqueles que quiserem o melhor para Palmas, dos que tiverem o melhor projeto para a nossa cidade, com as melhores propostas para impulsionar a economia da capital e gerar emprego e oportunidades para nossa gente. Apoiarei aqueles que se comprometerem de fato com o atendimento social e que queiram uma saúde melhor para Palmas.

A senhora considera importante que o prefeito ou prefeita de Palmas seja aliado ao governador?

Considero fundamental. Palmas é uma cidade nova, que precisa ainda de muitas obras estruturantes. A parceria com o governo estadual e o apoio do governo federal é imprescindível. É necessário construir a Av. Orla/Anel Viário, que levará o desenvolvimento para as margens do lago e desviará o trânsito pesado das avenidas de Palmas e que será também outra interligação da região norte com a região sul. Construir as pontes na NS-01 e NS-04, abrindo as avenidas e melhorando, assim, o escoamento e o trânsito. Ampliar o aeroporto e estruturar os distritos industriais. Concluir o asfaltamento e a infraestrutura das quadras e dos setores, como o Taquari. Essas e outras obras são impossíveis de serem realizadas sem a parceria do governo do estado e o apoio do governo federal.

E como está, do seu ponto de vista, o governo Siqueira Campos?

Em menos de um ano de administração, o governador Siqueira vem arrumando a casa, estruturando, planejando, para, com certeza, fazer um grande governo. Está ouvindo a população em cada região, com a Agenda Tocantins. Com o conhecimento que ele tem do Estado e com o material resultante das reuniões, Siqueira fará um plano plurianual que venha atender aos anseios e às necessidades da população. Muita coisa vem sendo feita e anunciada. Com a mesma disposição que estive junto ao governador na campanha, por acreditar firmemente ser ele o melhor para o Tocantins, continuo apoiando e acreditando no seu governo.

Em relação ao seu partido PR?

O meu partido, o PR, tem uma importância muito grande no contexto político do nosso Estado. Vimos, claramente, como foi fundamental a sua participação na eleição do governador Siqueira Campos. O nosso presidente, o senador João Ribeiro, vem conduzindo muito bem o partido. Além da sua influência no governo federal, que vem fazendo com que todos os municípios sejam beneficiados com obras, sejam creches, escolas, praças, asfalto, sejam através de obras estruturantes, como as travessias urbanas, a Ferrovia Norte-Sul e a recuperação das rodovias, o senador está também fortalecendo o partido em todo o Estado. Nesses últimos dias, recebemos um grande número de filiados, em todas as cidades. Tenho certeza que o nosso partido elegerá muitos candidatos nas próximas eleições.


E com o senador Vicentinho Alves?


Também. O senador Vicentinho, que foi meu colega como deputado federal, e sempre foi um político muito respeitado. É um político bastante habilidoso e trabalha muito pelos tocantinenses. É muito importante para o nosso partido, o PR, e para o nosso Estado ter dois senadores atuantes como o João Ribeiro e o Vicentinho.

Como está seu relacionamento com a senadora Kátia Abreu. A senhora deixou o Democratas para ir para o PR. Isso abalou a relação entre vocês?


A questão não foi pessoal. Deixe o Democratas porque não concordava com a forma como o partido vinha sendo conduzido aqui no Estado. Isso é natural na vida partidária. Assim como a senadora Kátia Abreu fez sua escolha agora, quando resolveu deixar o Democratas para seguir numa nova frente de trabalho com o PSD. Considero a senadora Kátia Abreu uma grande mulher e uma política admirável. É uma grande representante do Tocantins no país. Não é fácil uma mulher, tocantinense, chegar aonde ela chegou, ocupando a presidência da CNA e tendo a influência que conquistou na política nacional. Admiro a Kátia e respeito a sua determinação em defender seus ideais.

O PSDB e o PV lançaram os nomes dos deputados Eduardo Gomes e Marcelo Lelis para a Prefeitura de Palmas. O que a senhora acha?

Todos dois estiveram juntos comigo quando fui prefeita de Palmas. Eduardo, como presidente da Câmara de Vereadores, me ajudou muito no legislativo municipal. Na campanha para deputado federal, o apoiei como prefeita e ele foi o mais votado na capital. Como companheiros na Câmara dos Deputados, trabalhamos muito por Palmas. Marcelo foi meu Secretário de Turismo e Meio Ambiente. Acho que fui uma das primeiras pessoas a reconhecer seu potencial profissional. Incentivei seu ingresso na política partidária e rapidamente ele se destacou. Marcelo, tanto como vereador como deputado, representa muito bem Palmas. Com certeza, tanto um quanto o outro têm todas as qualidades para administrar a nossa capital.




Fonte: Assessoria de Imprensa da Presidente do PR-MUlher, Nilmar Ruiz
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922