Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Notícias do Correio 22 - Partido da República

 
  15/09/2011
 
   
A obstrução apresentada pela liderança do Partido da República, em duas sessões distintas realizadas nesta quinta-feira, 15, pela Câmara e pelo Congresso, ganhou destaque na Agência Câmara e Agência Senado.

A manifestação de representantes do PR é pela garantia da votação da proposta que anistia a bombeiros e policiais militares punidos por participar de movimentos reivindicatórios.

Para o deputado Antony Garotinho (PR-RJ) a questão deve ser tratada como prioridade pelos parlamentares. "Uma coisa é o governo dizer que tem boa vontade em aprovar a anistia, outra é aprovar realmente", ressaltou o republicano.

Garotinho reafirmou na ocasião o seu apoio à classe que anseia pela votação do projeto. "Eu demovi os líderes do movimento da decisão de paralisar serviços considerados essenciais para a população do Rio de Janeiro", lembrou. "Quando eles me questionaram sobre o que fazer, eu disse que estamos mantendo a decisão de não votar nada na Câmara até que seja aprovada a anistia", completou.

O deputado voltou a criticar o atraso na aprovação da anistia, lembrando a prisão de mais dois líderes do movimento, na última quarta-feira, 14.. O cabo Beneveluto Daciolo e o capitão Alexandre Marchesini foram detidos sob a acusação de praticar crime de recusa à obediência, por terem se recusado a se afastar das proximidades do Palácio Guanabara, durante manifestação.

Anistia

A proposta de anistia (substitutivo ao PL 6882/10) precisa ser votada pelo Plenário da Câmara, para então ser enviada ao Senado. Já o Senado aprovou projeto semelhante (PL 2042/11), que também foi encaminhado para análise dos deputados.

O substitutivo ao PL 6882/10 inclui PMs e bombeiros do Rio de Janeiro, de Rondônia e de Sergipe na anistia concedida pela Lei 12.191/10.

A lei anistiou policiais e bombeiros militares de nove estados punidos por participar de movimentos reivindicatórios, ocorridos de 1997 até o início de 2010, por melhorias salariais e de condições de trabalho. O texto estende a anistia até a data de publicação da nova lei.



Fonte: Agência Câmara
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922