Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Leia Notícias do Correio 22

  01/09/2011
 
   
Deputado  republicana Liliam Sá (PR-RJ)
Deputado republicana Liliam Sá (PR-RJ)
A Câmara dos Deputados instalou na tarde da última terça-feira, dia 30, a comissão especial para analisar o projeto que modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A proposta do Executivo estabelece o direito de crianças e adolescentes a serem educados sem o uso de castigos corporais.

De acordo com a deputada republicana Liliam Sá (PR-RJ), o objetivo da comissão é "conscientizar a população de que maltratar criança não está com nada. De que a melhor forma de se tratar uma criança é através do amor, do carinho e dizer não à violência infantil, à violência física que sofrem as nossas crianças".

Segundo dados apresentados pela organização não governamental (ONG) Não Bata, Eduque, durante a audiência, 49% dos estudantes estão envolvidos com bullying, como vítimas ou praticantes - 25,5% são vítimas, 20,5% são vítimas e autores, e quase 3% são apenas autores das agressões.

Para Liliam Sá, o "castigo corporal afeta a criança de uma maneira tão profundo que ela fica marcada na alma, cresce e não esquece jamais o que passou".
A secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério da Justiça, Carmem de Oliveira, explicou durante a reunião que o problema do uso da violência no processo educativo é favorecer o aprendizado do comportamento violento. "Essa criança aprende muito cedo que bater resolve, aí ela vai bater no coleguinha, depois, quando adolescente, vai bater no amigo ou naquele que atinge seu carro no trânsito. Ou seja: você perpetua um ciclo de violência", avaliou.

De acordo com a deputada republicana, o número de morte de crianças violentadas cresceu no Brasil. "Temos que alertar que as vezes, num momento de ira, o pai, a mãe, o tio, o avô ou o padrasto podem agredir uma criança e levá-la ao óbito. Cresceu muito o número de crianças que são vítimas de maus tratos, crianças que estão vindo à óbito por causa de espancamento", disparou Liliam Sá, completando: "Nós queremos conscientizar o Brasil de que é preciso ter diálogo com as nossas crianças e educar com responsabilidade".

A comissão especial tem 120 dias para analisar a proposta. Se aprovada e não receber recurso para ir a Plenário, segue direto para o Senado.



Fonte: Agência Câmara

Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922