Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Leia Notícias do Correio 22

  30/08/2011
 
   
líder do Partido da República na Casa, deputado Lincoln Portela (PR-MG)
Líder do Partido da República na Casa, deputado Lincoln Portela (PR-MG)
A Comissão Especial da Reforma Política da Câmara dos Deputados promoveu encontro na última quarta-feira, 24, para discutir o anteprojeto de reforma. Entre outros pontos, o texto propõe o financiamento público de campanha e um novo sistema de votação para eleições proporcionais, a partir de 2014.

O líder do Partido da República na Casa, deputado Lincoln Portela (PR-MG), acredita que, em decorrência do pouco prazo, a reforma não deve ser votada neste ano.

"Eu vejo dificuldades em se votar a Reforma Política ainda neste ano, temos pouco tempo de prazo, um mês e meio, e, com pautas trancadas, com dificuldades na Casa, com outras matérias importantes como a Emenda 29, a PEC 300 e a DRU, colocar uma Reforma Política pode ser um pouco constrangedor e perigoso", avaliou o líder republicano.

Para Portela, o Brasil precisa de uma reforma política, porém ela deve ser feita conscientemente. "O país pede reforma, mas uma reforma consciente e de uma forma que o eleitor não perca a oportunidade de participar através de um voto livre e direto no seu candidato", ressaltou.
Entre as principais mudanças na política brasileira, o líder Lincoln Portela aponta o voto facultativo, a candidatura avulsa, ou seja, independente de partido e o voto majoritário como prioridades da reforma. "Sou plenamente favorável ao voto facultativo. O eleitor não deve ser obrigado a votar. São avanços democráticos que outros países, como os Estados Unidos, conseguiram. E eu acho que o Brasil precisa evoluir neste sentido".

Para Portela, a reforma deveria adotar ainda o fim da figura do suplente de senador indicado. Em sua opinião, em caso de vacância, o segundo mais votado deveria ocupar o lugar, como forma de prestigiar o voto do eleitor. O republicano também informou ser contrário ao financiamento público de campanha. "Há coisas que estão sendo estudadas ainda, como o financiamento público de campanha. Eu, particularmente, tenho uma dificuldade com isso, a população já paga tantos impostos e pagar ainda imposto para políticos eu acho um pouco complicado", analisou.



 

Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922