Presidente do Partido da República Senador Alfredo Nascimento Partido da República nos Estados Manchetes do Site do PR Download do Hino Nacional do Brasil
História do Partido da República Fale conosco Notícias do Partido da República Manual da Logomarca do Partido da República
Prefeituras do Partido da República Ficha de Filiação do Partido da República Fotos dos Deputados do Partido da República Assessoria Jurídica
Vereadores do Partido da República Fórum Republicano Fotos dos Senadores do Partido da República Dowloads do Vídeos
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 
Notícias do Correio 22 - Partido da República

  25/05/2011
 
 
A Câmara dos Deputados vai instalar, nesta semana, a comissão especial que vai discutir uma lei para proteger crianças e adolescente das surras e maus tratos.

A nova lei, proposta no PL 7672/10 do Poder Executivo, pretende proibir a violência, castigo cruel ou humilhante na educação de crianças e adolescentes em todo o território nacional.

Para a coordenadora da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes, deputada Liliam Sá (PR-RJ), "o projeto causa polêmica, já que muitos dizem que o Estado não deve interferir na educação intrafamiliar das crianças. Contudo, é preciso que criemos uma cultura de paz em nossos lares". Liliam Sá acredita que "o que educa não é a palmada, mas o amor que os pais têm em relação a seus filhos".

Durante discurso, a republicana fluminense se emocionou ao relembrar histórias de agressão e que foram divulgadas na mídia. Na manhã em que foi realizado o seminário, foram divulgadas imagens gravadas de um pai chutando o filho, que havia sido jogado no chão. A exemplo da Suécia, país pioneiro no enfrentamento aos castigos corporais há mais de 30 anos, o Brasil também quer evitar crimes como este, que ocasionam também a morte de muitas crianças.
"Isso tem que acabar ninguém merece passar por isso, principalmente as nossas crianças", declara a parlamentar. "Nós temos que acabar com esta mentalidade. A lei não é para punir e nem colocar nenhum pai na cadeia, é apenas um alerta de que não é através da violência que você vai educar o seu filho. Mas, sim, através da sua virtude, daquilo que você é, da sua imposição, da sua maneira de criar o seu filho e sua filha", ressalta Liliam Sá.

A arte da paciência foi lembrada pela deputada republicana como caminho para os pais que pretendam evitar a adoção da violência no relacionamento com seus filhos. "O conselho que eu dou é o que a rainha Silvia, da Suécia, disse aqui: Tenha paciência, conte até dez. Pense: eu também fui criança", recomenda a fluminense que ressaltou: "lembra o que você pensava quando o seu pai ou sua mãe te batiam? aí você vai lembrar e vai sentir o que seu filho sente quando você o agride. Converse. O diálogo é a melhor forma de você tentar entender a personalidade do seu filho, da sua filha, e fazer dele um grande aliado".

A criação da comissão foi anunciada durante o Seminário sobre Experiências de Legislação Contra Castigos Corporais de Crianças e Adolescente. Promovido na última quinta-feira, 19, pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a conferência é fruto da parceria entre a Embaixada da Suécia em Brasília e a organização Save the Children Suécia.



Fonte: Agência Câmara

Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 

Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 
 

Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
 



LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922