Presidente do PR PR nos estados Manchetes Download Hino Nacional do Brasil
História do PR Fale com o PR Notícias Republicanas Manual de Aplicação da Marca PR
Prefeituras do PR Ficha de Filiação ao PR Fotos dos Deputados do PR Assessoria Jurídica
Vereadores do PR Fórum Republicano Fotos dos Senadores do PR Vinheta do PR
Estatuto do Partido da República Manifesto do Partido da República Código de Ética do Partido da República Programa do Partido da República
 

Notícias do Correio 22 - Partido da República

 
  18/05/2011
 
   
Deputado Giroto critica MP que cria o Regime Diferenciado para licitações apresentado pelo Governo federal
Deputado Giroto critica MP que cria o Regime Diferenciado para licitações apresentado pelo Governo federal
O deputado federal Giroto (PR-MS) criticou na noite de ontem (17/05) o Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), elaborado pela União e incluído na Medida Provisória 521/10. O Governo federal definiu como prioritária a votação da matéria na Câmara dos Deputados por causa da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos.

O parlamentar apontou o desrespeito à Constituição federal no texto da MP durante o programa Expressão Nacional, transmitido ao vivo pela TV Câmara, quando debateu o assunto com o deputado federal Rubens Bueno (do PPS), integrante da Comissão de Turismo; Inaldo Soares, ex-auditor da Infraero; e Kleber Zanchim, professor da USP.

"O RDC permite que se faça licitação sem nenhum controle da sociedade, o pior, permite que a empresa que vença a licitação defina o valor, o prazo de execução e realize a fiscalização de uma obra que executou. Quem tem de definir o valor e critérios é quem contrata, não quem executa.", destacou o parlamentar.
Durante o programa, que debateu o caos aéreo no país, o deputado sul-mato-grossense demonstrou preocupação com o reduzido prazo para ampliar e reformar os aeroportos brasileiros para atender estes dois eventos esportivos, uma vez que o Governo federal não deu início ao processo licitatório antes. "O Governo deveria ter feita a licitação há mais de um ano, não tentar empurrar agora este regime diferenciado, embutido em Medida Provisória, para ser votado por afogadilho na Câmara", enfatizou Giroto.

MPF

Na semana passada, o Ministério Público Federal divulgou nota técnica que aponta cinco problemas na MP 521/10. Segundo os procuradores, a proposta de aplicar o RDC deixaria espaço ao governo para fazer escolhas subjetivas sobre obras e contratações, sem a necessidade de justificá-las. Para o MPF, a cláusula é "intoleravelmente aberta", o que viola princípios da Constituição, como o da moralidade administrativa.

Além disso, os procuradores criticaram o trecho que fala sobre o julgamento da licitação. A MP traz como principais critérios o contrato de eficiência e o maior retorno econômico. Segundo o MPF, uma análise subjetiva que pode justificar "qualquer contratação de prestação de serviços".

Outra suposta irregularidade do texto da MP seria a possibilidade de contratar obras, sem necessidade projeto básico. De acordo com os procuradores, isso implicaria na falta de detalhamento do objeto da licitação.



Fonte: Assessoria de Comunicação Deputado Giroto
Fone: (61) 3215-5277
www.giroto.com.br
http://www.flickr.com/photos/girototrabalha
   




LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SCN Qd. 2 Bl. D Torre A Sala 225 Brasília - DF - CEP: 70712-904

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/

© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil 21 . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF



Tel.: - (61) 32029922



Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922