Esta Matéria não tem vídeo
 Em Nova Iorque, Cláudio Castro negocia Operação Delaware com o BNP Paribas
Em Nova Iorque, Cláudio Castro negocia Operação Delaware com o BNP Paribas
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Cláudio Castro

negocia Operação Delaware
com o BNP Paribas


Rio de Janeiro - O governador Cláudio Castro (PL-RJ) se reuniu, na última segunda-feira, 07, em Nova Iorque (EUA), com representantes do banco BNP Paribas para negociar cláusulas contratuais da Operação Delaware. Entre as solicitações estão a redução da taxa de juros, que atualmente é de 9,75% ao ano, e o alongamento do prazo de pagamento das despesas da operação, que somam hoje U$ 1,9 bilhão.

A proposta inclui ainda a redução do risco de default da estrutura, ou seja, sem o acionamento do risco de gatilhos, e a liberação de US$ 400 milhões, atualmente retidos em uma conta de reserva no exterior. O objetivo é melhorar as condições de pagamento da operação, concretizada em 2014 e que antecipou receitas futuras de royalties e participações especiais do petróleo, garantindo US$ 2,5 bilhões ao caixa previdenciário à época.

- Precisamos reestruturar a Operação Delaware, que hoje está cara para o Governo do Estado do Rio. A reunião com o BNP Paribas foi muito positiva e serviu para abrir horizontes e até novos ambientes de negócios. O banco já enxerga o Rio de Janeiro que estamos construindo. Hoje, a situação política, fiscal e financeira do Rio de Janeiro é diferente, com segurança jurídica e regulatória. Por isso, precisamos aproveitar esse novo momento importante de retomada da economia e renegociar dívidas para que possamos investir em ações e projetos importantes para a população - explicou o governador.

A operação

A operação internacional foi estruturada pelo BB Securities (Banco do Brasil), que contratou o BNP Paribas para executá-la. Foram realizadas três tranches (divisões em contrato) no âmbito da Operação Delaware, sendo que uma vence em 2024; outra, em 2028; e a última, em 2032. De acordo com o secretário de estado de Fazenda, Nelson Rocha, a reunião de hoje foi a primeira etapa da negociação com o banco.

- Para a formalização do acordo, precisamos levar em consideração o preço do barril de petróleo e o mercado de crédito como um todo, que hoje está favorável ao Estado do Rio. Além disso, também vamos incluir a Procuradoria Geral do Estado (PGE-RJ) nas negociações. Nas próximas semanas, vamos receber também mesas de discussão sobre o assunto - detalhou Nelson Rocha.

Outras agendas

Ainda nesta segunda-feira, o governador se encontra com o diretor do Escritório do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU Habitat), Chris Williams, e o embaixador Ronaldo Costa Filho, representante permanente junto às Nações Unidas.

Fonte: http://www.rj.gov.br/NoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=20504&pl=em-nova-iorque,-cl%C3%A1udio-castro-negocia-




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
Brasília, 26/05/2021 - PL-TV: O Rio em mãos do bem - Entrevista Cláudio Castro

Brasília, 18/01/2022 - PL-TV: Projeto de Altineu Côrtes propõe condições mínimas de trabalho para entregadores de aplicativos Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
FICHA DE FILIAÇÃO EM PDF Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram