Esta Matéria não tem vídeo
Presidente Jair Bolsonaro na cerimônia 

Presidente Jair Bolsonaro na cerimônia
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Presidente Jair Bolsonaro

participa de evento que celebra a
convocação de pessoas com deficiência


Brasília - O Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL-RJ), acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e de ministros, participou, na manhã da última sexta-feira,11, da cerimônia que marcou a convocação de quase mil pessoas com deficiência (PcD) pela Caixa Econômica Federal. Os novos convocados foram admitidos por meio de um concurso público, ocorrido no ano passado, inédito e exclusivo para PcD.

Ao todo, foram convocados 992 empregados para reforçar o atendimento nas agências em todo o país e no setor de tecnologia do banco.

Na cerimônia, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, fizeram a entrega de crachás funcionais do banco aos representantes dos novos convocados em todas as regiões do Brasil. “Hoje, um banco, o maior banco da América do Sul, ou do hemisfério sul, fez um papel que realmente está voltado para com o direito do próximo. Muitos falam e discursam sobre direitos humanos, uma política que se faz presente, real e verdadeira em nosso Governo. Isso mexe com todos nós. Com o coração de cada um presente aqui”, afirmou o Presidente Jair Bolsonaro.

“Hoje, um banco, o maior banco da América do Sul, ou do hemisfério sul, fez um papel que realmente está voltado para com o direito do próximo. Muitos falam e discursam sobre direitos humanos, uma política que se faz presente, real e verdadeira em nosso Governo. Isso mexe com todos nós. Com o coração de cada um presente aqui”, afirmou o Presidente Jair Bolsonaro.

O concurso público contou com mais de 40 mil candidatos inscritos ao cargo de técnico bancário novo (nível médio). As provas objetivas foram realizadas em novembro de 2021 e a convocação de 100% dos aprovados ocorreu na segunda quinzena de dezembro.

“As pessoas com deficiência, normalmente, são aquelas que atendem de uma maneira especial porque passaram a vida inteira sendo marginalizadas, muitas vezes”, ressaltou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

A remuneração inicial é de R$ 3 mil, além de benefícios como participação nos lucros, plano de saúde, plano de previdência complementar, auxílio refeição e alimentação, vale transporte e auxílio creche. Há também ações de capacitação e oportunidades para ascensão e desenvolvimento profissional no banco.

Em 2018, a Caixa possuía cerca de 1.300 empregados com deficiência, que representavam apenas 1,5% do efetivo do banco. Agora, com as novas convocações, que representam a maior ação de convocação de pessoas com deficiência já realizada por uma empresa brasileira, o banco público chega a cerca de 4,4 mil PcDs e atinge, pela primeira vez, os 5% de empregados com deficiência previstos na Lei Federal nº 8.213, de 1991.

“Meu sonho é ver outras instituições com a mesma missão de transformar o nosso país em um Brasil mais inclusivo. O grande desafio permanece, nós precisamos derrubar os preconceitos, mudar os nossos olhares, aceitar o próximo como um brasileiro capaz, determinado e não como alguém limitado”, disse a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

“Meu sonho é ver outras instituições com a mesma missão de transformar o nosso país em um Brasil mais inclusivo. O grande desafio permanece, nós precisamos derrubar os preconceitos, mudar os nossos olhares, aceitar o próximo como um brasileiro capaz, determinado e não como alguém limitado”, disse a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

O Presidente Jair Bolsonaro também destacou outra medida do Governo que foi a renovação da isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para taxistas e pessoas com deficiências, incluindo os surdos. “Pessoas que eram excluídas, trouxemos para dentro da realidade da política brasileira. E como é bom fazer política do bem. Esse dia ímpar para todos nós, inesquecível para a Caixa Econômica Federal, será marcado, com toda a certeza, um dos atos mais grandiosos deste Governo”, concluiu.

Reserva de vagas

A Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência (8.213/91) determina que empresas com 100 empregados ou mais reservem vagas para este segmento, que corresponde a 45 milhões de pessoas no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Tendo isso em vista, o Governo Federal atua, por meio de ações e programas, como o Prêmio Nacional de Acessibilidade, o Programa Turismo Acessível e outros, para promover inclusão e eliminar as barreiras que impedem a efetivação dos direitos dessa parcela da população. Confira a Lei Federal nº 8.213 aqui

Fonte: Planalto




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
Brasília, 26/05/2021 - PL-TV: O Rio em mãos do bem - Entrevista Cláudio Castro

Brasília, 18/01/2022 - PL-TV: Projeto de Altineu Côrtes propõe condições mínimas de trabalho para entregadores de aplicativos Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
FICHA DE FILIAÇÃO EM PDF Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram