Esta Matéria não tem vídeo
O Brasil será o primeiro país do mundo a ofertar esse tipo de diagnóstico em nível assistencial, de forma universal e no sistema público de saúde - Foto: Myke Sena/MS
O Brasil será o primeiro país do mundo a ofertar esse tipo de diagnóstico em nível assistencial, de forma universal e no sistema público de saúde - Foto: Myke Sena/MS
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Governo Federal

anuncia que Unidades Básicas de Saúde vão
oferecer teste rápido gratuito de hanseníase


Brasília - O Governo Federal anunciou, que a partir deste ano, as Unidades Básicas de Saúde vão oferecer testes rápidos de diagnóstico da hanseníase. O Brasil será o primeiro país do mundo a ofertar esse tipo de diagnóstico em nível assistencial, de forma universal e no sistema público de saúde.

Além dos testes rápidos, o Sistema Único de Saúde também vai ofertar testes de biologia molecular (que exigem uma estrutura laboratorial avançada) nos Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen) de dez estados. A expectativa é alcançar todas as unidades federativas até 2023.

Só este ano, o Ministério da Saúde deve investir cerca de R$ 3,7 milhões na oferta das novas testagens. "Estamos na fase de compra desses kits. Isso é de grande importância para o país e mostra como fazer uma vigilância qualificada do ponto de vista laboratorial", comemora o secretário de vigilância em saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros.

Serão três tipos de teste disponíveis:

Teste rápido (sorológico)

Amostra: gota de sangue.

Resultado sai em até 30 minutos.

Ofertado na Atenção Primária a partir do segundo semestre de 2022.

Teste RT-qPCR para apoio ao diagnóstico (NAT Hanseníase)

Amostra: biópsia de pele ou nervos.

Realizado nos Laboratórios Centrais de Saúde Pública.

Diagnóstico molecular que serve de apoio para atenção especializada.

Meta: implantar em dez estados em 2022 e alcançar todos os estados e o Distrito Federal até 2023.

Teste RT-qPCT para detecção da hanseníase resistente

Amostra: biópsia de pele.

Será feita por meio de três laboratórios do SUS.

Para prescrição de tratamento alternativo aos medicamentos de primeira linha.


Meta: implantar em dez estados em 2022 e alcançar todos os estados e o Distrito Federal até 2023.

A hanseníase é uma doença que ainda atinge muitas pessoas, mas o tratamento e o acompanhamento são oferecidos de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde, na Atenção Primária. Por isso, é preciso ficar atento ao próprio corpo e, se houver sinais ou sintomas, procurar uma Unidade Básica de Saúde. Os principais indicativos de hanseníase são:

- Lesões;

- Manchas;

- Áreas com alteração de sensibilidade;

- Sensação de formigamento ou fisgadas;

- Diminuição de força muscular nas pálpebras, mãos e pés.


Saiba mais

Para mais informações, acesse a transmissão ao vivo da cerimônia alusiva à Semana de Mobilização Nacional de Hanseníase, realizada no Ministério da Saúde.

Fonte: Com informações do Ministério da Saúde




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
Brasília, 26/05/2021 - PL-TV: O Rio em mãos do bem - Entrevista Cláudio Castro

Brasília, 18/01/2022 - PL-TV: Projeto de Altineu Côrtes propõe condições mínimas de trabalho para entregadores de aplicativos Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
FICHA DE FILIAÇÃO EM PDF Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram