PL-TV:

Jorginho Mello defende manutenção
de autoridade portuária no Porto de Itajaí


Brasília - As tratativas para a privatização total do Porto de Itajaí, em Santa Catarina, foram discutidas nesta última terça-feira, 26, em audiência pública promovida pela Comissão de Infraestrutura do Senado.

Vários debatedores, inclusive os senadores de Santa Catarina, entre eles Jorginho Mello (PL-SC), defenderam a permanência da Autoridade Portuária Pública Municipal à frente do empreendimento, enquanto representantes do governo defenderam a concessão do complexo para a iniciativa privada, já que haveria, segundo eles, escassez de recursos.

Na opinião do senador liberal, a união de atores públicos e privados ajudará as autoridades a encontrarem caminhos para o desenvolvimento do porto. Ele ressaltou, no entanto, que essas modificações devem levar em conta o marco histórico da autoridade portuária. Para o parlamentar, a modernização deve seguir um modelo que contemple a inovação e a possibilidade de aumento de empregos, mas com o controle de autarquias.

“Se precisa de ajustes ou mudar formas de atuar, que tenhamos clareza. Porque Itajaí é diferente: é um porto que tem uma cidade, e não o oposto. Carece de infraestrutura, aporte de recursos, possibilitando uma operação cada vez maior e melhor para o estado, o município e o Brasil”, declarou Jorginho.

Governo

Ao defender a concessão do complexo para a iniciativa privada, o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, afirmou que o conjunto dos portos de Santa Catarina cresce, mas a demanda está em estagnação. Pilone afirmou que as operações do complexo têm gestão pública, mas ocorrem por iniciativa privada e, por não ser unificado, esse processo cria problemas do ponto de vista da eficiência. Segundo ele, o Porto de Itajaí desestatizado “não vai deixar de ser da cidade”. Pilone disse que o governo federal vai avaliar a manutenção da autoridade portuária, mas também vai considerar outras opções.

“A infraestrutura é deficitária, com necessidade de investimentos vultosos para que Itajai faça frente a esse cenário competitivo. Não temos recursos da União para investimentos estruturantes. O Ministério da Infraestrutura não tem R$ 1 de orçamento para 2021 para execução de obras portuárias. Não estamos propondo alterações legais. Estamos discutindo junto ao Parlamento, recepcionando todas as observações e preocupações, mas o processo de consulta pública formal acontece somente em novembro – declarou”.

Para a secretária especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, o caminho para o desenvolvimento, a modernização e o aumento da competitividade do Brasil passa pela abertura para investimentos privados. Na avaliação da debatedora, a gestão privada dos portos é o caminho mais adequado, porque esse modelo possibilita liberdade.

“Quando a gente compara a capacidade de uma estatal de realizar investimentos com celeridade e qualidade com a condição de uma empresa privada, um está correndo na pista de atletismo e outro na pista com obstáculos. As estatais correm com obstáculos; por melhor que seja o gestor público e sua equipe, eles estão sujeitos a leis e regulamentos e limitações orçamentárias”.

Prefeito

Assim como os senadores de Santa Catarina, o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, defendeu a manutenção da Autoridade Portuária Pública Municipal à frente do Porto de Itajaí. Segundo ele, a cidade está entre as que mais arrecadam dinheiro para o governo federal. O prefeito também argumentou que os investimentos sobre o complexo portuário local dão resultados positivos que devem continuar sendo estimulados.

“Havendo estrutura, as respostas são excelentes. A autoridade portuária deve ser mantida. Podemos discuti-la: se deve ser autarquia, empresa pública, se vamos enxugá-la, estabelecer números de cargos, critérios para indicação, planejamento, metas, resultados. Estamos dispostos a discuti-la, mas precisamos manter a autoridade portuária.

Ela não tem incompatibilidade com as propostas do governo e é fundamental para a vida de cidades e para todas as implicações das atividades. É esse o apelo que eu faço”. A mesma posição foi apresentada por Mário Teixeira, presidente da Federação Nacional dos Conferentes e Consertadores de Carga e Descarga, Vigias Portuários, Trabalhadores de Bloco, Arrumadores e Amarradores de Navios nas Atividades Portuárias (Fenccovib). Para ele, é inaceitável qualquer intenção de não prorrogar a permanência da Autoridade Portuária em Itajaí.

Ele dirigiu sua fala ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas: “Entendemos que os catarinenses e itajaienses sabem bem o que é melhor para o seu porto”.

Fonte: Agência Senado

 




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO
Alvaro Valle

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
Brasília, 26/05/2021 - PL-TV: O Rio em mãos do bem - Entrevista Cláudio Castro

TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL MUlher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Alvaro Valle
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
FICHA DE FILIAÇÃO EM PDF Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal VEJA NOSSO FACE
Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram BAIXE O VÍDEO EM WMV
BAIXE O VÍDEO EM MOV
VEJA O VÍDEO NO YOUYUBE BAIXE O VÍDEO EM MP4 BAIXE O VÍDEO EM MOV BAIXE O VÍDEO EM FLV