PL-TV:

Outubro Rosa: Fagundes cobra da Câmara
decreto para ampliar atendimento no SUS


Brasília - Em 2019, o Senado aprovou Decreto Legislativo para sustar os efeitos da Portaria 61/2015, do Ministério da Saúde, que restringiu o acesso de mulheres de 40 a 49 anos aos exames de mamografia para detecção precoce de câncer de mama no Sistema Único de Saúde (SUS).

Para cumprir o efeito, a medida precisa ser referendada pela Câmara dos Deputados. Na última segunda-feira, 25, o senador Wellington Fagundes (PL-MT) cobrou uma manifestação dos deputados federais sobre o assunto.

“Do grupo de projetos que tramitam pelo Parlamento brasileiro, creio que seja este um dos mais relevantes – e que deve merecer a atenção de todos nós. Está muito claro a necessidade de ampliar cada vez mais essa rede pública de atenção ao enfrentamento do câncer de mama”, exaltou o senador mato-grossense, ao participar de sessão especial, que marcou o encerramento do Outubro Rosa.

Na época da aprovação do Decreto Legislativo no Senado, o Plenário entendeu que a portaria do Ministério da Saúde afrontava a Lei 11.664/2008, que assegura a mamografia a todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade. Durante a sessão, Fagundes destacou que, atualmente, apenas as mulheres de 50 a 69 anos de idade podem fazer o rastreamento mamográfico na rede pública.

O liberal destacou que a melhoria do acesso das mulheres ao SUS é uma das principais recomendações do documento intitulado ”Avaliação ética do rastreamento de câncer de mama no Brasil para se fazer frente às estatísticas negativas". Os casos de câncer de mama devem aumentar 42% nos próximos dez anos, no Brasil, podendo chegar a 887 mil pessoas com a doença, segundo perspectiva apresentada pela The Economist Intelligence Unit num trabalho em parceria com a Varian Medical System.

O Instituto Nacional do Câncer estima 66.280 casos novos de câncer de mama, para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61 casos novos a cada 100 mil mulheres.

“Não é fácil enfrentar um câncer de mama. Aliás, não é fácil enfrentar qualquer tipo de câncer ou doença, seja aqui ou em qualquer país do mundo. Mas, nesse caso, sobretudo envolvendo a mulher, o câncer de mama exige de todos uma atenção especial. Primeiro pelos números, já que se apresenta como um dos três tipos de maior incidência.

Diagnóstico Precoce


A médica mastologista do Hospital de Base de Brasília, Carolina de Miranda Henriques Fuschino, reforçou a importância do diagnóstico precoce. Na sua avaliação, quanto mais fácil o acesso a mamografia, realização de biópsia e início do tratamento com quimioterapia e radioterapia, procedimento cirúrgico, mais chance a paciente tem de recuperação. Há muita vida após o diagnóstico e não precisamos ter medo do câncer de mama. Nós precisamos enfrentá-lo. Precisamos tratá-lo logo que descoberto. Educar, apoiar e cuidar”.

A fundadora e presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz, propôs que, nessa reta final, o Outubro Rosa possa despertar a conscientização para o combate a desigualdade que se reflete nas características das mulheres acometidas pela doença.

Mais recursos

Daniela Catunda, que é usuária e paciente oncológica da Rede SUS, reforçou a necessidade de valorização e ampliação dos serviços no sistema público. Diagnosticada com câncer de mama em 2015 e precisando passar pelos processos de tratamento com urgência, ela precisou fazer radioterapia em unidade particular.

Fonte: Assessoria de imprensa do deputado

 




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO
Alvaro Valle

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
Brasília, 26/05/2021 - PL-TV: O Rio em mãos do bem - Entrevista Cláudio Castro

TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL MUlher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Alvaro Valle
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
FICHA DE FILIAÇÃO EM PDF Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal VEJA NOSSO FACE
Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram BAIXE O VÍDEO EM WMV
BAIXE O VÍDEO EM MOV
VEJA O VÍDEO NO YOUYUBE BAIXE O VÍDEO EM MP4 BAIXE O VÍDEO EM MOV BAIXE O VÍDEO EM FLV