Esta Matéria não tem vídeo
Deputado estadual João Henrique (PL-MS)

Deputado estadual João Henrique (PL-MS)
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Deputado liberal

apresenta projeto com penalidades
por falsa imunização no MS


Mato Grosso do Sul - Desde que a vacinação contra o Covid-19 começou no Brasil, em diferentes estados profissionais de enfermagem foram denunciados por interferir na imunização contra a doença. Vários vídeos circularam na internet mostrando infrações como a aplicação simulada de seringas vazias ou momentos em que o profissional finge que aplica o conteúdo.

Diante deste quadro tão grave, o deputado estadual João Henrique (PL-MS) protocolou um Projeto de Lei que dispõe sobre a aplicação de multa e impedimentos aos profissionais responsáveis por interferir na imunização contra o Covid-19 no Estado de Mato Grosso do Sul.

“Não podemos aceitar que, num momento tão grave como este de pandemia, profissionais que foram formados para salvar vidas usam de expedientes como estes, fingindo que imunizam a população. Nosso projeto visa proteger o cidadão, que tem direito total de acesso à imunização e à vida”, explica o deputado.

Segundo o projeto, entende-se por interferência a aplicação simulada de seringas vazias ou a falsa aplicação do conteúdo, com a interferência na imunização contra o Covid-19. Será aplicada multa de até 1.200 Unidades Fiscais do Estado de Mato Grosso do Sul – UFERMS, com a aplicação em dobro em caso de comprovação de desvio de imunizantes.

Além da multa, ficará proibida a participação em concursos públicos estaduais e proibição de recebimento de auxílios do Governo Estadual aos profissionais responsáveis pela aplicação simulada de seringas vazias ou a falsa aplicação do conteúdo destinado à imunização.

“Nosso projeto prevê que os profissionais responsáveis deverão ser afastados de suas funções, podendo ao término do processo administrativo ter seu contrato rescindido ou ser exonerado”, diz o liberal.

As sanções previstas nesta lei serão impostas por meio de processo administrativo, nos termos da legislação vigente, assegurando-se o contraditório e a ampla defesa.

Os valores decorrentes das multas deverão ser recolhidos ao Fundo Estadual de Saúde do Mato Grosso do Sul. A lei será regulamentada pelo Poder Executivo.

Fonte: Assessoria de imprensa do deputado




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
TV-PR: Tiririca está entre os 10 melhores deputados segundo pesquisa
TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Brasília, 28/12/2020 - PL-TV: Portinho é convidado a assumir Liderança do PL no Senado
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram