PL-TV: Capitão Augusto

defende criação de
Ministério da Segurança Pública


Brasília - O presidente da Frente Parlamentar da Segurança Pública, deputado Capitão Augusto (PL-SP), apresentou na última quinta-feira, 4, ao presidente Jair Bolsonaro, o nome do ex-deputado Alberto Fraga para assumir como ministro da Segurança Pública caso a pasta seja recriada pelo governo federal, separada do Ministério da Justiça.

Fraga é coronel da reserva da Polícia Militar do Distrito Federal e, nas palavras de Capitão Augusto, tem prestígio na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. “Vamos precisar desse prestígio para aprovar projetos na área de segurança, incluindo a reforma do Código de Processo Penal, a lei orgânica da Polícia Militar e a da Polícia Civil”, anunciou. “Ele é praticamente unanimidade entre as polícias do Brasil. E é um homem de confiança do presidente, é amigo do presidente. O presidente nunca escondeu isso”.

O assunto foi discutido com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, e em seguida apresentado a Bolsonaro, que ainda “não bateu o martelo” sobre nome, segundo Augusto.

Aumento da criminalidade


De acordo com Capitão Augusto, há interesse do governo em recriar a pasta, para se preparar para um possível aumento da criminalidade decorrente da crise de Covid-19. No entanto, não foi definido um prazo. “Depois do problema da saúde, virá o problema da economia. A história sempre diz que o problema da economia anda de mãos dadas com o crime contra o patrimônio e o crime contra a vida”, explicou o parlamentar.

O formato do novo ministério ainda será estudado pela Frente junto com o governo. Uma primeira proposta seria elevar a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), hoje vinculada ao Ministério da Justiça, ao status de ministério, mas inicialmente sem incluir a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen). “São órgãos federais, devem ficar junto ao Ministério da Justiça”, esclareceu o deputado liberal. Ele acrescentou que o ministro da Justiça, André Mendonça, já disse não ser contrário à separação.

O trabalho de um futuro Ministério da Segurança Pública seria o de integrar as polícias militares, as polícias civis, os corpos de bombeiros militares, as guardas municipais e os agentes penitenciários dos estados e do Distrito Federal, que estão em contato direto com a comunidade. “A intenção é ter esse ministério para cuidar mais diretamente da segurança na linha de frente”, resumiu Capitão Augusto, relatando que em vários estados há dificuldade de comunicação entre as polícias.



Fonte: Agência Câmara de Notícias

 




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO
Alvaro Valle

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
TV-PR: Tiririca está entre os 10 melhores deputados segundo pesquisa
TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Manual de Prestação de Contas do Tribunal Eleitoral
Nova Presidente do PL MUlher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Alvaro Valle
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal VEJA NOSSO FACE
Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram BAIXE O VÍDEO EM WMV
BAIXE O VÍDEO EM MOV
VEJA O VÍDEO NO YOUYUBE BAIXE O VÍDEO EM MP4 BAIXE O VÍDEO EM MOV BAIXE O VÍDEO EM FLV