Esta Matéria não tem vídeo
Deputado estadual João Henrique (PL-MS)
Deputado estadual João Henrique (PL-MS)
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Deputado liberal

lamenta saída de CCJR mas diz
que terá mais independência


Mato Grosso do Sul - A aguardada formação da nova comissão de parlamentares da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa de MS foi divulgada na última quarta-feira,19, surpreendentemente, o nome do deputado estadual João Henrique (PL-MS) não aparece.

O mais jovem deputado da ALMS, cuja postura em 2019 junto à Comissão sempre esteve diretamente ligada aos anseios do povo, recebeu a notícia em Brasília, onde está a trabalho, com um misto de surpresa e decepção.

“Estamos sendo perseguidos, uma decepção. Mas é este o preço que pagamos por nossa independência parlamentar. Este preço não tem nada a ver com o preço da gasolina, que está em alta para pauta de jornal e para os bolsos também, tem a ver com os enfrentamentos que fiz a favor do povo. Fizemos uma votação para compor a mesa da ALMS, ganhei e renunciei para dar vaga ao colega Herculano - basta ver que ele ficará dois anos”.

Para o deputado, ter participado da CCJR durante o ano de 2019 acrescentou e muito em sua carreira como parlamentar que busca analisar e aprovar projetos que tenham relevância para a vida da população. “Não só apresentei vários projetos como também analisei os apresentados por meus colegas. Mas, também, eu soube combater o bom combate quando me deparava com coisas erradas, coisas que não estavam em sintonia com as próprias leis muitas vezes”.

Apenas para citar dois deles, vale lembrar a polêmica sobre o Projeto de Lei Complementar do TCE (Tribunal de Contas do Estado) que propunha, entre outras mudanças, parcelar as multas das prefeituras. Apresentado na CCJR (Comissão de Constituição Justiça e Redação) recebeu emendas do deputado João Henrique (PL) e à época foi motivo de discussão entre os parlamentares e o próprio TCE, que, após analisar o conteúdo com maior atenção, não só acatou a proposta das emendas do deputado como foi além na porcentagem dos descontos.

Outro projeto inédito e de grande importância apresentado pelo jovem deputado visava fortalecer a atuação parlamentar, prevendo a possibilidade de recurso nas decisões unânimes da CCJR. João é também advogado e destacou no projeto que não existe no Direito nenhuma decisão sobre a qual não caiba recurso. E é exatamente isso que a proposta, que está tramitando, prevê: uma alteração no Regimento Interno da Casa, possibilitando recurso por parte do autor, em casos de decisões unânimes de vetos dos projetos pelos membros da CCJR.

“Observamos que inúmeras proposições são rejeitadas e arquivadas na CCJR, não existindo mecanismos saneadores de vícios ou irregularidades. Tal fato pode provocar graves prejuízos à sociedade sul-mato-grossense, tendo em vista a possibilidade de rejeições e arquivamentos equivocados de proposições extremamente importantes, que deveriam ser discutidas e votadas pelo plenário”, destaca.

Para finalizar, João Henrique diz que continua atento à CCJR, mesmo não fazendo mais parte da comissão. “Sempre prestigiei o grupo e os colegas da CCJR, mas não posso participar de um coletivo que quebra um compromisso deste tamanho. O G11 volta a ser G10 e eu volto para a tribuna, agora mais independente e sempre com foco na população sul-mato-grossense”.



Fonte: Assessoria de imprensa do deputado




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site e Conteúdos Desenvolvidos, Produzidos e sob Responsabilidade da LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
TV-PR: Tiririca está entre os 10 melhores deputados segundo pesquisa
TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Manual de Prestação de Contas da Campanha eleitoral de 2018
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram